Bacará Ao Vivo

<
>

Café e bolo no metrô e luta contra a fome: mãe de Endrick lembra dificuldades à Bacará Ao Vivo e se emociona com sucesso do filho

play
Mãe de Endrick vai às lágrimas e relembra momentos de dificuldades com o filho (6:10)

Cíntia Ramos falou em entrevista exclusiva ao Bacará Ao Vivo.com.br (6:10)

Vivendo momento mágico com a camisa do Palmeirase convocado por Fernando Diniz para a seleção brasileira,Endrické hoje a sensação do futebol brasileiro.

Após fazer sua estreia com a camisa amarela na derrota para a Colômbia, em Barranquilla, o atacante tem a chance de disputar o seu primeiro BrasilxArgentinanesta terça-feira (21), às 21h30 (de Brasília), pela sexta rodada das eliminatórias da Copa do Mundo.

Mas nem sempre a vida foi assim.

Em entrevista exclusiva ao Bacará Ao Vivo.com.br, Cíntia Ramos, mãe de Endrick, se emocionou ao relembrar os momentos difíceis pelos quais passou ao lado do filho e contou um pouco da trajetória da joia alviverde até o estrelato.

Cíntia detalhou o momento de maior de dificuldade que a família passou, no momento em que ela e o filho deixaram Brasília e se mudaram para São Paulo para tentar realizar o sonho do garoto de virar jogador profissional.

"Estava difícil porque ele tinha um quarto onde ficar e eu tinha um colchãozinho que eu colocava toda noite. Minhas coisas ficavam no canto da sala. E ali nós ficamos uns três meses", lembrou a mãe do atacante.

"O Palmeiras dava o café da manhã, o lanche, a janta e o lanche da noite. Só que na época, criança assim, o Endrick ficava brincando no quarto. Aí quando dava umas 9 horas da noite, ele já tinha comido o lanche da manhã. E ele não esquece essa cena. Ele me disse que estava com fome, e eu precisei dizer: 'Filho, não tem o que você comer agora, mas vai dormir, filho, que a fome vai passar'".

Cíntia relembrou também quando ela e Douglas, pai de Endrick, decidiram como custear a vida em São Paulo enquanto o garoto tentava a sorte no futebol.

"Depois que meu marido veio, ele começou a procurar emprego, mas estava difícil, não estava conseguindo. E aí a gente resolveu fazer e vender cafezinho, vender café no metrô. Eu fazia os bolos, fazia as tortas e ele fazia o café e saía dentro do metrô. E foi assim que a gente começou a conseguir o dinheiro para ir vivendo", contou Cíntia Ramos.

Anos depois, a mãe tem a chance de ver o filho em um Brasil x Argentina, um dos maiores jogos do futebol mundial. E já sabe bem o que dizer a Endrick momentos antes de a bola rolar no Maracanã.

"Que ele aproveite o momento, que jogue futebol, que tenha humildade e respeito com os amigos e com os adversários. Que faça uma ótima partida e ajude os colegas no que precisar, porque eles são a equipe dele. Que ele se divirta e aproveite, porque é o sonho de muitos estar ali", concluiu Cíntia.

Próximos jogos da seleção brasileira

  • Argentina (C): 21/11, 21h30 (de Brasília) - eliminatórias para a Copa do Mundo

  • Inglaterra (F): 23/3, a confirmar - amistoso

  • Espanha (F): a confirmar - amistoso

Bacará Ao Vivo Mapa do site